segunda-feira, 29 de julho de 2013

7º dia – A razão de tudo.



Tudo isso é para Ele.
O objetivo fundamental do universo é demonstrar glória a Deus. Essa é a razão de tudo que existe, incluindo eu. Deus fez tudo isso para a glória Dele. Não fosse a glória de Deus, não haveria nada.
A glória de Deus é a expressão de sua bondade e de todas as suas outras qualidades intrínsecas e eternas.
Onde está a glória de Deus? Basta olhar em volta.
A glória de Deus é mais bem observada em Jesus Cristo. Ele, a Luz do mundo, esclarece a natureza de Deus. Graças a Jesus, já não sou ignorante a respeito de quem Deus realmente é.
“O filho é o resplendor da glória de Deus” Jesus veio à terra de modo que eu pudesse entender completamente a glória de Deus. ”Aquele que é a palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória cheia de graça e de verdade”.
Ele possui uma glória inerente a Deus porque ele é Deus; faz parte de sua natureza.
Sou instruído a reconhecer sua glória, honrar sua glória, declarar sua glória, louvar sua glória, refletir sua glória e viver por sua glória. Por quê? Porque Deus merece!!!!
Uma vez que Deus fez todas as coisas, ele merece toda a glória. “Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas”.
Como posso dar glória a Deus?
Jesus disse ao pai: O Senhor criou todas as coisas para os seus próprios propósitos.
Jesus glorificou a Deus cumprindo seu propósito na terra. Nós honramos a Deus da mesma forma. Qualquer coisa na criação glorifica a Deus quando cumpre o seu propósito. Os pássaros glorificam a Deus ao voar, fazer um ninho e outras atividades próprias dos pássaros, conforme os planos de Deus. Mesmo uma humilde formiga dá glória a Deus quando cumpre o propósito para o qual foi criada.
“A glória de Deus é um ser humano em plenitude de vida”
Qual será o objetivo de minha vida?
Viver o resto de minha vida exigirá uma mudança em minhas prioridades, agenda, relacionamento e tudo mais; e algumas vezes significarão pegar o caminho mais difícil.
Até mesmo Jesus teve dificuldade com isso. Consciente de que estava para ser crucificado, ele clamou: Minha alma está perturbada, e será que devo dizer: Pai, livra-me desta hora? Mas se foi para esse propósito que eu vim para esta hora. Pai, glorifica o teu nome.
Chegou à hora de definir se vou viver pra mim ou para Deus? Escolho Deus e sei que Ele me dará tudo que for necessário.
Em primeiro lugar eu creio. Creio que Deus me ama, e me criou para seus propósitos. Creio que não sou um acidente. Creio que fui feito para ser eterno. Creio que Deus me escolheu para ter um relacionamento com Jesus, o qual morreu na cruz por mim. Creio que apesar das minhas ações passadas, Deus quer e já me perdoou.
Em segundo lugar eu recebo. Recebo Jesus em minha vida como meu Senhor e Salvador. Recebo o perdão pelos meus pecados. Recebo o Espírito Santo, que me dará poder para cumprir o propósito de minha vida.
Jesus, em ti eu creio e te recebo.

Um tema para refletir: Tudo isso é para Ele.
Uma questão para meditar: Em que parte da minha rotina posso me tornar mais consciente da glória de Deus?
Postar um comentário

Deixe aqui, seu recado, comentário, sugestão...

-->

O que um homem espera de uma mulher de Deus- Felipe Heiderich