segunda-feira, 12 de agosto de 2013

21º dia – Protegendo a minha Igreja.


É minha função proteger a minha Igreja.
(Grupo, comunidade, pessoas que se reúnem com o mesmo ideal)
A unidade é a alma da comunhão.
Tenho que me concentrar no que temos em comum, não em nossas diferenças.
Deus quer unidade, não uniformidade.
Preciso me manter concentrado no que mais importa – aprender a amar uns aos outros como Cristo nos amou e cumprir os propósitos de Deus para a minha vida.
Devo me recusar em dar ouvidos a fofoca.
Quando alguém começar a fofocar em meu ouvido, tenho que ter a coragem de dizer: “por favor, pare. Não preciso saber disso”
Devo apoiar os meus líderes.

Um tema para refletir:
Tenho a responsabilidade de proteger a unidade de minha igreja.
Uma questão para meditar: O que estou fazendo de concreto para proteger a minha família de Deus?
Postar um comentário

Deixe aqui, seu recado, comentário, sugestão...

-->

O que um homem espera de uma mulher de Deus- Felipe Heiderich