sexta-feira, 4 de março de 2011

Ceia do Senhor

comunhão de fé
A Ceia do Senhor é um momento de grande solenidade e significado na vida dos salvos. Não costumamos chamar a Ceia do Senhor de "Santa Ceia" porque não encontramos base bíblica para crer na presença real, nem na presença mística ou espiritual de Cristo no pão e no cálice.

A substância do pão não se transforma na substância do corpo de Cristo nem a substância do vinho se transforma no sangue de Jesus. Biblicamente, a Ceia não é um sacramento, mas um memorial, segundo as palavras do próprio Cristo: "Fazei isto em memória de mim" (1Co 11.25). Não é a Ceia que é santa. Santo é o Deus a quem adoramos nesta celebração, que enviou seu Filho bendito para dar sua vida como preço do resgate por nós por causa do seu eterno amor.

Santo é o Salvador a quem lembramos nos símbolos da sua graça: seu corpo partido por nós, e seu sangue por nós derramado no Calvário para a nossa redenção. Santo é o Espírito de Deus que está presente, não dentro das bandejas de pão e cálices, mas em nossos corações, em nossas almas, para nos tornar santos pela purificação dos nossos pecados através da eficácia do sangue de Jesus (1Jo 1.7; Ef 1.6,7).

Postar um comentário

Deixe aqui, seu recado, comentário, sugestão...

-->

O que um homem espera de uma mulher de Deus- Felipe Heiderich